sexta-feira, 27 de novembro de 2009

A natureza do caráter cristão


O caráter do cristão é quem ele é, de fato, não apenas quando está diante do pastor, ou do seu líder, ou mesmo com um grupo de amigos, mas quando está sozinho, e ninguém está observando-o. É a expressão mais exata da sua pessoa, sem máscaras, sem fingimentos ou aparências: o seu verdadeiro ser interior.

Muitas vezes, estamos preocupados em representar um papel, ou transmitir uma imagem, par a impressionar as pessoas que estão ao nosso redor, para parecer que somos inteligentes, amáveis ou respeitados. Muitos cristãos querem que as pessoas pensem coisas boas a seu respeito e demonstram ser santos, por fora, mas a alma está cheia de engano, mentira e pecado. Foi o que Jesus afirmou sobre os líderes religiosos de sua época: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia” (Mt 23.37).

Como afirmou um grande homem de Deus:

Preocupe-se mais com seu caráter do que com sua reputação. Caráter é aquilo que você é, reputação é apenas o que os outros pensam que você é.

(John Wooden).

Alguém já disse, em se tratando de alguém quês está mudando de cidade, reputação é o que diziam quando ele chegou; caráter é o que estão dizendo, agora que ele se vai; ou seja, antes desta pessoa chegar, ninguém lhe conhecia de perto, mas apenas a sua “fama” o precedia. Agora que alguns tiveram a oportunidade de conviver com ele, sabem, de fato, quem ele é.

Um caráter moldado pela Bíblia, portanto, é a maior necessidade de um cristão, principalmente os que lideram, na casa do Senhor. Como disse o general que comandou a operação “Tempestade no Deserto”:

Liderança é uma combinação de estratégia e caráter. Se você precisa ficar sem um, que seja sem a estratégia.

(Gen. Norman Schwarzkopf).

2 comentários:

  1. Quantas Vezes
    Quantas vezes nós pensamos em desistir,
    deixar de lado, o ideal e os sonhos;
    Quantas vezes batemos em retirada,
    com o coração amargurado pela injustiça;
    Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade,
    sem ter com quem dividir;
    Quantas vezes sentimos solidão,
    mesmo cercado de pessoas;
    Quantas vezes falamos,
    sem sermos notados;
    Quantas vezes lutamos
    por uma causa perdida;
    Quantas vezes voltamos para casa
    com a sensação de derrota;
    Quanta vezes aquela lágrima,
    teima em cair, justamente na hora
    em que precisamos parecer fortes;
    E Deus insiste em nos abençoar,
    em nos mostrar o caminho:
    Aquele mais difícil, mais complicado, mais bonito.
    E a gente insiste em seguir,
    por que temos uma missão:
    SER FELIZ !
    Às vezes nos deparamos com situações que
    Nos afligem, nos fazem sentir, e até mesmo chorar...
    Mais saiba por certo, que a cada momento da vida,
    Cada lágrima caída, cada sorriso dado, estará
    Tudo anotado no diário de Deus...
    Diacono Sergio

    ResponderExcluir
  2. De fato, muitas são as aflições do cristão mas o Senhor nos faz superar a todas. Mesmo que naquele momento tenhamos a sensação que não há mais saída. Ele está lá olhando para nós e espera apenas um simples ato de fé para atraí-lo.
    Embora algumas vezes esqueçamos que quando assumimos a Ele como Salvador de nossa vida Ele cumpre seu papel completamente perfeito. Precisamos estabeler dia a após dia o nosso vínculo de amor com Ele para que no decorrer da caminhada não fracassemos como fizeram a maioria de nossos irmãos(os israelitas)no deserto - não olharam para Ele, não lembraram que com poderosos feitos os tirou do Egito para condizí-los a uma vida de adoração ao único e verdadeiro Deus e de felicidade.

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Carregando...